Qual a importância da NR-35 na mineração?

 

 Qual a importância da NR-35 na mineração? A NR 35 traz em seu texto as condições mínimas  para proteger o trabalhador em altura acima de 2 metros.

No Brasil,  40% dos acidentes de trabalho envolvem trabalho em altura. De 2002 a 2020, o país teve uma taxa de 6 óbitos a cada 100 mil empregos formais, de acordo com um relatório do Ministério Público do Trabalho e da Organização Internacional do Trabalho.

 

Qual o objetivo da NR35?

O propósito principal da NR 35 é evitar acidentes tomando todas as medidas cabíveis para garantir que haja segurança no trabalho. A ideia é  preservar a integridade do trabalhador e também para os funcionários que estão diretamente ou indiretamente ligados a ele.

No ramo da construção, por exemplo, a queda é a principal causa de morte.  A NR 35 estabelece a prevenção de situações como essa.  Mas também permitir que trabalhos em altura possam ser desempenhados.

 

Qual a importância do treinamento NR35 para a empresa

 A empresa deve adotar uma postura ativa quanto a NR 35. Pois a norma estabelece uma série de itens a serem seguidos pela empresa, como por exemplo:

  • Garantir a implementação das medidas de proteção estabelecidas na NR 35;
  • Assegurar a realização da análise de risco e a emissão da permissão de trabalho;
  • Garantir que todas as atividades sejam desempenhadas sob supervisão;
  • Desenvolver procedimento operacional para as atividades rotineiras de trabalho em altura superiores a 2 metros;
  • Garantir aos trabalhadores informações atualizadas sobre os riscos e as medidas de controle, isso oferecendo treinamentos e capacitações aos empregados com frequência;
  • Garantir que as atividades só comecem quando todas as medidas de proteção forem adotadas;
  • Garantir que as atividades sejam iniciadas somente depois que todas as medidas da NR-35 forem adotadas;
  • Suspender as atividades sempre que um risco não previsto se faz presente.

 

Um acidente em altura pode gerar danos humanos irreparáveis. Da mesma forma, os danos materiais e produtivos também podem ser considerados. A norma trabalha para que a segurança do trabalhador seja preservada, mas também coopera para a produtividade da empresa.

Segundo a NR 35, s empresas devem oferecer treinamentos aos seus colaboradores como uma forma de prevenção. Caso ela esteja em não conformidade com o que exigido pela norma, a empresa pode responder legalmente por isso.

 

Responsabilidades dos trabalhadores

Assim como a empresa possui suas responsabilidades, o trabalhador também precisa fazer sua parte.  Sendo assim, é de extrema importância que ele:

  • Cumpra as disposições legais e regulamentares sobre trabalho em altura, inclusive os procedimentos expedidos pelo empregador;
  • Colabore com o empregador na implementação das disposições contidas na NR-35, não se recusando a seguir ordens;
  • Interrompa suas atividades exercendo o direito de recusa, sempre que existirem evidências de riscos graves e iminentes para sua segurança e saúde ou a de outras pessoas, comunicando de modo imediato o fato a seu superior hierárquico, que tomará as medidas necessárias;
  • Zele pela sua segurança e saúde e a de outras pessoas que possam ser afetadas por suas ações ou omissões no trabalho;
  • Participe dos treinamentos e capacitações;

Periculosidade por trabalho em altura em mineração

Estar em um lugar alto já é correr riscos. Por isso é fundamental ter atenção redobrada, pois cada passo em falso pode ser fatal.

NR-35 na mineração

Mineração é todo processo de pesquisa e extração de minerais, que podem estar nas rochas ou nos solos. Dependendo da atividade, ela pode ser realizada a céu aberto ou no subsolo. De qualquer modo, é uma atividade que apresenta inúmeros riscos aos trabalhadores.

Dessa forma, é necessário saber: qual a importância da NR-35 na mineração? Existe risco de choque elétrico, desmoronamento, quedas, incêndio, combinação de gases tóxicos, explosão, dentre outros. Por isso é preciso as determinações da  NR 35.

Além desse campo geral, existe uma norma específica que trata sobre a segurança e saúde de quem trabalha com mineração. A NR 22 é um compilado extenso, criado na década de 70, com uma última atualização em 2019.

Não é à toa, que por conta de toda essa periculosidade, a própria CLT traz uma série de itens a serem cumpridos por quem trabalha em mineração. Por exemplo, a duração máxima desse tipo de trabalho é de 6 horas por dia, com uma necessidade de pausa de 15 minutos a cada 3 horas consecutivas de trabalho.

A mineração e em especial, a mineração em altura, é considerada uma das mais arriscadas atividades da indústria.

Treinamento em mineradora

O treinamento para se trabalhar em uma mineradora, deve ser disponibilizado pela empresa contratante ou por um permissionário de lavra garimpeira. Deve trazer no mínimo:

  • reconhecimento do ambiente de trabalho
  • manutenção e abastecimento dos veículos e equipamentos,
  • principais equipamentos e suas funções,
  • noções no céu aberto, em meio subterrâneo,
  • perfuração manual,
  • primeiros socorros,

O treinamento é obrigatório pois os acidentes são frequentes. Só em 2019, o Conselho Internacional de Mineração e Metais, contou que houve 287 mortes no trabalho de mineradoras.

Mesmo com normas e treinamentos rigorosos para cada setor, acidentes ainda acontecem com uma certa frequência. Se não houvesse tais endurecimentos imaginemos quantas tragédias viriam a acontecer.

Portanto, entender qual a importância da NR 35 na mineração? É de suma importância no combate e prevenção de acidentes no ramo da mineração, além de ajudar a diminuir as eventuais despesas com acidentes e aumentar a eficiência.

Leia também nosso artigo sobre os Segredos da Eletricidade. Uma das atividades de grande risco mais comentadas pela Segurança do Trabalho.